A segurança integrada é o termo que utilizamos para descrever o conjunto de atividades, medidas e equipamentos que são adotados visando prevenir e/ou reduzir ameaças e perdas patrimoniais.

Quando há essa integração, o processo de segurança fica muito mais eficiente. Vou dar um exemplo que comprova esta minha afirmação:

Ao adquirir um sistema de monitoramento, caso sejam acrescentadas câmeras, a visualização do que está ocorrendo é praticamente imediata, assim como o poder de reação. Para oferecer uma segurança integrada, o primeiro passo que deve ser tomado é realizar a análise de riscos. Com esses dados, é possível desenvolver um projeto que efetivamente previne e corrige as vulnerabilidades que não somente deixam o patrimônio desprotegido, mas também as pessoas que ali trabalham ou frequentam.

Nesse sistema integrado, há dois elementos essenciais para que a proteção seja eficiente: recursos humanos e equipamentos.

Por recursos humanos, entende-se os porteiros e vigilantes que estarão presentes fisicamente no local. Eles devem ser devidamente treinados na função e orientados sobre os processos internos. Para garantir que seu trabalho seja realizado adequadamente, é preciso contar com supervisores de confiança. São eles os responsáveis pelas avaliações constantes e por melhorias de conduta, quando necessário.

Quanto aos equipamentos, existe uma variedade de opções. Em um sistema de segurança integrada, eles se ajudam mutuamente e ampliam a sensação de proteção. É possível utilizar tecnologias como:

⦁ Central de monitoramento;
⦁ Alarmes;
⦁ Sensores de presença;
⦁ Sistema de CFTV;
⦁ Controle de acesso;
⦁ Biometria;
⦁ Botão de pânico;
⦁ Cerca elétrica.

Outra solução que vem oferecendo ótimos resultados é a Portaria Virtual. Esse sistema possibilita que os profissionais de segurança atuem remotamente, eliminando a necessidade de uma grande quantidade de vigilantes no local. No caso, por meio de câmeras e biometria, a própria central de monitoramento pode conferir e liberar o acesso ao local. Isso facilita o trabalho, oferece controle de entradas e saídas e, ainda, reduz o custo mensal com segurança.

Na segurança integrada, fica claro que não basta ter somente profissionais capacitados ou equipamentos de ponta. Eles precisam conversar entre si e facilitar o processo um do outro. Quando isto ocorre, fica muito mais fácil evitar ameaças e oferecer uma proteção completa.

Nesse cenário, vocês podem me perguntar: como achar uma empresa que ofereça segurança integrada?

A primeira coisa que vocês precisam saber é que, para uma empresa de segurança ter autorização de funcionamento, ela deve ser certificada pelo Departamento de Polícia Federal. Para isto, deve cumprir uma série de exigências - como a comprovação de idoneidade dos proprietários e provar que há capacidade técnica para desempenhar tal função, por exemplo.

Antes de assinar qualquer contrato, é preciso pesquisar sobre a empresa e ter a certeza das informações que eu citei acima. Caso contrário, é possível que o local fique ainda mais desprotegido do que antes.

A Security é uma empresa devidamente certificada e consolidada no mercado de segurança patrimonial. Temos o compromisso de oferecer o que há de mais moderno em equipamentos e uma equipe qualificada e constantemente treinada. Tudo, claro, conforme as necessidades de cada empresa!

Dentre os diferenciais da Security, destaco justamente a integração - e aqui incluo a questão dos processos. Nossos gestores têm total capacidade de avaliar os riscos e desenvolver o melhor projeto para preservar a integridade das pessoas e dos bens materiais.

Ainda nessa etapa inicial, eles criam, juntamente com os responsáveis das empresas, os processos de segurança que devem ser seguidos tanto pelos vigilantes quanto pelos colaboradores internos. Com isso, é estruturada uma rotina de segurança ao cliente que reduz ainda mais os riscos de problemas.

Com a aprovação do projeto, são implementados os postos de segurança e instalados e testados todos equipamentos. Após, a qualidade dos serviços é controlada por supervisores e colaboradores - constantemente atualizados através da universidade corporativa.

É importante destacar, ainda, que a Security atende diversos perfis de clientes. Confira alguns exemplos:

⦁ Condomínios comerciais e residenciais;
⦁ Comerciais, como shoppings e varejo em geral;
⦁ Serviços, como distribuidoras, empresas de saúde, transporte, construção civil e logística;
⦁ Indústrias alimentícia, química, calçadista, têxtil, mineradora, de energia, entre outras.

Para todos eles, é realizado um projeto personalizado e exclusivo para as suas necessidades. Além disso, por trás de toda a segurança integrada, há uma infraestrutura moderna e sempre atualizada. Tudo para que seja oferecida, de fato, a proteção mais eficiente! Você tem alguma dúvida sobre segurança integrada? Escreva para mim nos comentários e ficarei feliz em esclarecê-la!