O botão de pânico é um dispositivo fixo ou móvel que permite que a pessoa avise a central de monitoramento que está ocorrendo alguma situação de perigo. Devido ao seu tamanho compacto e por não gerar qualquer tipo de som, permite que seja acionado de forma discreta, sem que o meliante perceba.

Neste artigo, você entenderá melhor o funcionamento do botão de pânico e os procedimentos adotados pela empresa de segurança após receber o sinal de alerta. Além disso, conhecerá os upgrades que podem ser realizados no sistema de segurança para permitir um trabalho ainda mais ágil e eficiente.

Confira!

 

Como funciona o botão de pânico?

Trata-se de um botão de pressão que, ao ser acionado, manda uma mensagem para a central de operações identificada como sendo uma situação de perigo. Ao apertá-lo, não ocorre nenhum disparo audível - o que ajuda a preservar a integridade da pessoa que acionou o dispositivo.

Existem dois tipos de botão de pânico:

  1. Fixo: é o dispositivo que é fixado em algum local específico, como uma portaria, mesa de trabalho, no banheiro ou na área de cofres;
  1. Móvel: similar a um chaveiro de alarme de carro, ele pode ser carregado pelo vigilante dentro de uma área de 50 metros de onde foi disposta a receptora - que é o aparelho que realiza a comunicação. A maioria das empresas prefere este tipo de botão de pânico porque, como ele possui um velcro junto ao dispositivo, permite que seja igualmente fixado em uma parede ou móvel. Logo, é possível tanto carregá-lo no bolso quanto deixá-lo preso e escondido em algum local.

Ambos os modelos funcionam da mesma maneira, ou seja: enviam o sinal de alerta para a central e, a partir daí, são tomadas as providências de acordo com as instruções previamente estabelecidas pelo cliente.

É importante destacar que a grande diferença entre o sinal recebido quando toca o alarme e quando o botão é pressionado é que, neste último, o acontecimento será tratado de forma isolada - pois além do patrimônio, há um ser humano que precisa ser preservado.

Além disso, a comunicação do botão de pânico não utiliza a linha convencional do cliente. Desta forma, caso sejam cortadas a energia e a rede de telefone, o sinal não é perdido.

Qual é o procedimento após acionar o botão de pânico?

Ao receber o sinal, a central entra em contato rapidamente com o local. Existem duas situações que podem ocorrer:

  1. Ligar e ninguém atender ao telefone: neste caso, a empresa de segurança aciona imediatamente os órgãos competentes;
  2. Ligar e alguém atender ao telefone: ao atender, é solicitada uma palavra-chave, também chamada de contrassenha. Caso a pessoa informe uma diferente, a empresa desligará o telefone e realizará o acionamento remoto da polícia. Em contrapartida, se a senha oferecida for a correta, a ação é cancelada. Esta última situação é muito comum.

Estima-se que, de 80% a 90% dos casos em que o botão de pânico é acionado, o alarme é falso.

Existe, porém, uma evolução neste processo todo. Quando o botão de pânico está fixado, por exemplo, em uma portaria, é possível acoplar uma câmera junto ao sistema de alarme. Isso permite que, caso o botão seja acionado, a central abra imediatamente a imagem do local.

Essa visualização aumenta a eficiência no atendimento e permite que a pronta-resposta tenha o maior número de informações para poder agir. Afinal, é possível previamente ver o que está ocorrendo - diferentemente de quando só há o botão de pânico.

Para quem é recomendado o botão de pânico?

De maneira geral, qualquer cliente que possui um sistema de monitoramento tem ou pode ter o botão de pânico. É comum que as empresas de segurança automaticamente acrescente essa ferramenta nos pacotes porque, durante o dia, muitos locais ficam abertos e com seus sensores desligados. Dessa forma, a única comunicação com a central acaba sendo via botão de pânico.

Assim, seja comércio, residência ou grandes indústrias, esse dispositivo aumenta a proteção e garante muito mais tranquilidade para todos!

Quer acrescentar um botão de pânico na sua empresa e , assim, ter ainda mais segurança? Entre em contato conosco e peça a visita de um consultor.

A Security Segurança e Serviços é uma empresa especializada em Segurança Integrada buscando a melhoria da sua segurança com baixo investimento.