Motivo de irritação de alguns clientes, especialmente em agências bancárias, a porta giratória com detector de metais não pode ser vista como um instrumento de constrangimento, e sim como um item para a própria segurança dos usuários. As portas são bloqueadas automaticamente quando qualquer cliente com objeto de metal com peso superior a 100 gramas tenta passar. A utilização dela evita assaltos e mortes nas agências bancárias.

Logicamente, o vigilante não tem culpa se a porta trava. Ele cumpre ordens para garantir a integridade física dos clientes e dos funcionários da empresa que está servindo. O vigilante do banco não é responsável pelo travamento. Assim, caso ele ocorra, não o considere como um sinal de desconfiança. Tampouco estranhe o fato de uma porta travar em um dia em que você esteja portando os mesmos objetos com os quais habitualmente tem acesso liberado: o equipamento é eletrônico e os sensores, eventualmente, podem apresentar variações de sensibilidade.

cta_horizontal_home_Security_terceirizar

Evite travamentos sabendo como melhor utilizar as portas giratórias:

Quando o sensor da porta detecta uma determinada quantidade de metal com o usuário, o travamento ocorre automaticamente. Esses produtos podem ser de objetos como chaveiros, celulares, relógios, moedas etc.

Se ocorrer o travamento, coloque os objetos de metal que estiver carregando no compartimento (guarda-volumes) lateral, retorne à faixa de segurança e passe novamente. Sua passagem será liberada tão logo a porta destrave e você poderá pegar de volta seus objetos pessoais. Simples e pode evitar assaltos na agência que você esteja utilizando.

Em estudo realizado pela Federação Brasileira de Bancos, Febraban, a eficácia das portas com detector de metais na segurança das agências bancárias é comprovada desde o início da sua utilização no país, no final dos anos 90. De 2000 a 2010, o número de ocorrências de assaltos a bancos caiu de 1.903 para 369 em todo o país, o que representa queda 80,16% nos registros de assaltos. Dados apontam que em 2011, quando algumas instituições bancárias retiraram as portas giratórias na reforma de muitas agências o número de assaltos cresceu 14,36% em relação ao ano anterior.

Sua compreensão com a porta giratória com detector de metais e com o vigilante auxilia a fornecer maior segurança a todos os usuários de agências bancárias e de empresas.