Entenda como funciona os procedimentos de segurança nos aeroportos

Segurança em aeroportos - por Security

18 de Setembro de 2012

A segurança nos terminais aéreos sempre foi um item primordial, porém, depois dos ataques terroristas nos Estados Unidos, no dia 11 de setembro de 2001, as autoridades perceberam que os procedimentos ainda eram insuficientes e novas medidas foram adotadas para aumentar o nível de segurança nos aeroportos.


Os usuários também ficaram mais assustados e desconfiados quanto a segurança nos aeroportos, mas muitas vezes não entendem os procedimentos. Conheça agora como é feita a segurança nos terminais aéreos.

1.Caso algum indivíduo seja identificado como suspeito e este tente uma fuga, muros e barreiras imensos impedirão que isso aconteça. Algumas áreas recebem vigilância reforçada, como terminais de desembarque e de processamento de bagagens e depósito de combustível. Barreiras de concreto impedem a entrada de veículos de grande porte, quando alguma ameaça é detectada.

2. Para identificação do passageiro é exigido um documento com foto, como o RG, ou carteira de motorista. Outros métodos tecnológicos de confirmação da identidade dos indivíduos também são utilizados, como a biometria que verifica impressões digitais, o mapeamento da retina e características faciais.

3.Qualquer pessoa que utilize o terminal de um aeroporto precisa passar por um detector de metais e suas bagagens passam por uma máquina de Raios-X. Esse procedimento acontece simultaneamente, enquanto a pessoa está no detector, seus pertences passam pelo Raio-X. Objetos suspeitos são retirados da bagagem ou deixado aos cuidados da tripulação do avião e depois, devolvidos ao dono. Alguns objetos são indiscutivelmente barrados pelo sistema de Raio-X, veja:

  • agulhas
  • alicates de unha
  • canivetes
  • estilete
  • facas
  • pinças
  • tesouras
  • objetos cortantes em geral

A máquina consegue identificar diferentes tipos de materiais. No monitor eles aparecem em diferentes cores. A classificação dos materiais é: orgânicos, inorgânicos e metais. Não são apenas os metais que levantam suspeitas, já que explosivos, por exemplo, são, na maioria, de substâncias orgânicas. Os operadores são treinados para identificar toda e qualquer tipo de suspeita. Existem também alguns equipamentos portáteis, utilizados para casos específicos, como vistoria em notebook, nos guarda-volume e bagagens desacompanhadas.

4.Os aviões costumam transportar um volume grande de carga além das bagagens. Esse conteúdo também passa por máquinas de Raios-X, próprios para esses tipos de conteúdo.

5.Alguns aeroportos utilizam ainda cães farejadores, que por sinal são bastante eficientes.Há também sistemas de scanner para situações de bagagens suspeitas, depois de passarem pelo Raios-X. O equipamento é capaz de avaliar a massa/densidade do objeto e se tais dados forem compatíveis a materiais de risco, o scanner dispara um alerta.

6.Além de medidas extras, os procedimentos costumeiros também foram aperfeiçoados. A atenção tem de ser redobrada, tanto a Infraero, como as empresas de transporte aéreo reforçaram as medidas de prevenção. Desta forma, vários objetos são terminantemente proibidos de serem levados na mala ou ir para o avião.

  • Materiais explosivos – munição, fósforos, pólvora, fogos de artifício.
  • Armas – facas ou qualquer tipo de lâmina, spray de pimenta, armas de fogo.
  • Recipientes pressurizados – tintas ou spray de cabelo, repelentes de inseto.
  • Itens caseiros – alvejantes, solventes, perfume inflamável em recipientes de 473 ml ou mais.
  • Venenos – inseticidas, veneno para rato, pesticidas.
  • Corrosivos – ácidos desinfetantes, baterias de carro, desentupidor de esgoto ou mercúrio.

É preciso ter atenção ao transportar determinados tipos de materiais, procure se informar com autoridades do aeroporto se tiver dúvidas. É necessário cuidado inclusive com o que se fala, mesmo que seja sem intenção, pois o uso de palavras como bomba, morte, seqüestro, podem levar ao pânico geral e por isso é um motivo para que indivíduos sejam retirados do avião e até mesmo, permanecer retido. Os funcionários são treinados e orientados a agir imediatamente ao perceberem o uso destes tipos de palavras.

Comentários

Posts mais lidos

Somos GPTW novamente!

Somos Great Place To Work, nossa nota média na soma de todas as áreas foi 89, essa nota é alta e impacta diretamente na satisfação do cliente Security.

leia mais »

Conecta Security

Soluções integradas para qualquer necessidade de negócio. Conecta Security, tudo sob medida para cuidar do patrimônio, da segurança e do seu dia a dia.

leia mais »