O barato sai caro: saiba quais as principais características de um bom fornecedor de segurança patrimonial

Terceirização de Segurança - por Security

28 de Novembro de 2017

Na busca por economizar, muitas empresas apostam em equipamentos e evitam investir em profissionais qualificados, e podem descobrir no pior momento que não estão preparadas para lidar com uma emergência.

Para muitas pessoas, pensar em segurança é sinônimo de pensar em equipamentos, como câmeras e alarmes, imaginando que o fator humano seja secundário e um custo que pode ser evitado, sem prejuízo da eficácia da proteção. Infelizmente, isso não é verdade e, frequentemente, esta aparente economia pode deixar a empresa vulnerável a invasores e a pessoas maliciosas; mais do que isso, muitas vezes a falta de uma assessoria adequada, feita por uma empresa especializada, leva a gastos desnecessários e pouco efetivos.

Evitar este cenário desfavorável, por outro lado, é possível para a empresa que souber quais características procurar em seu fornecedor de soluções de segurança. Quem busca um serviço inteligente, eficiente e confiável de proteção patrimonial precisa ficar atento a alguns pontos que indicam que a empresa fornecedora é capacitada a oferecer aquilo de que sua organização realmente precisa.

O tripé da segurança

Primeiramente é preciso observar que a segurança depende de três fatores primordiais: equipamentos, pessoas e procedimentos. O primeiro ponto é o mais comum e nítido, incluindo trancas, controles de acesso, câmeras, sensores e alarmes, e servem para dar visibilidade e controle de acesso a todo o ambiente da empresa; o segundo envolve profissionais, que precisam ter qualificações pessoais e treinamento avançado para prever e controlar situações, além de conduzir as atividades cotidianas de sua responsabilidade de forma competente. Por último, existe a questão do procedimento, e este talvez seja o principal diferencial das empresas de ponta no ramo da segurança.

A capacidade de fazer uma análise correta e precisa de riscos do cliente é primordial para que se possa oferecer uma solução de segurança ajustada à realidade do cliente, com custos realistas e medidas eficazes para oferecer o máximo de proteção para o negócio. Empresas sem a devida expertise podem estimar  e sugerir equipamentos ou a contratação de vigilantes, sem necessariamente, refletir aquilo que o cliente precisa, gerando custos desnecessários que não se traduzem em mais efetividade de segurança. Em contraste, empresas sérias analisam cada caso de forma individual, oferecendo um trabalho consultivo específico para a situação do cliente.

Terceirização: a melhor solução

Na prática, o cliente que busca o máximo retorno para seu investimento em segurança em geral encontra na terceirização o caminho que oferece um equilíbrio entre custos controlados e soluções práticas que se enquadrem nas necessidades do cliente. Ao contar com um parceiro especializado e realmente experiente, sua empresa sabe que terá acesso aos três pilares da segurança, recebendo as indicações dos equipamentos certos, dos profissionais mais qualificados para o trabalho e de um guia de procedimentos que siga as melhores práticas em segurança e que seja customizado para sua realidade, construindo, assim, um ambiente definitivamente seguro.

Comentários

Posts mais lidos