Vantagens e desvantagens da terceirização de serviços (facilities)

Terceirização de Serviços Facilities - por Security

17 de Novembro de 2016

shutterstock_176359409

A terceirização de mão de obra tem sido cada vez mais uma opção na gestão administrativa para os empresários. Para se ter dimensão de quanto isso é importante, uma recente pesquisa da Fiesp mostrou que das empresas que utilizam a terceirização de serviços, 70,9% o fazem devido à especialização da atividade desempenhada. A liderança entre as áreas terceirizadas é a segurança e/ou serviços de vigilância (59,8% das empresas) seguida por serviço de limpeza e conservação, conhecido como facilities services (55,4%).

A área de segurança - que engloba vigilância patrimonial; transporte de valores; escolta armada; segurança pessoal; e curso de formação de vigilantes - se destaca na pesquisa porque nos últimos anos esse segmento tem evoluído e se tornado cada vez mais profissional.

Vantagens e desvantagens da terceirização de serviços

À atividade altamente profissionalizada soma-se a vantagem de desburocratização do serviço terceirizado dentro das empresas. Quando se opta por internalizar o serviço de segurança patrimonial, por exemplo, a companhia precisa saber que existem vários processos legais a serem cumpridos. Para legalizar essa atividade, a empresa precisa criar uma outra empresa somente para este fim, registrando-a junto à Polícia Federal. Ou seja, essa companhia deve seguir inúmeras regras e trâmites e é passível de fiscalização. Assim, a organização precisará mobilizar a sua área jurídica para realizar esses processos e atender às demandas do órgão fiscalizador como se fosse empresa de segurança terceirizada, o que acaba tirando o foco do negócio de suas atividades fim.

Evitar os complexos processos de contratação de um departamento de RH é apenas uma das vantagens de se contratar uma empresa terceirizada.

A admissão de empregados implica em  gastos com salário, horas extras, 13º terceiro salário, adicional noturno - 20% de acréscimo em cima do salário-, férias, vale-transporte, alimentação e todos os encargos exigidos para contratar um profissional em regime de CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Além disso, existe todo o gerenciamento desses profissionais: recrutamento, seleção, contratação, integração, capacitação, treinamento, folha de pagamento, insalubridade, periculosidade, substituições, afastamentos, atestados, acidentes de trabalho, demissões, processos trabalhistas e muitos outros itens que acabam tomando um tempo precioso de quem não é especialista em gestão de pessoas.   

cta_blog_Security_P1E1_v2

A complexidade aumenta com a necessidade de novas contratações para revezar os turnos e folgas.  Outro problema é gerenciar a imprevisível ausência do colaborador: enquanto na empresa que tem o departamento internalizado isso se tornará um problema emergencial para ser administrado, pois a empresa não pode ter uma falha na segurança naquele dia ou período e como não soube da ausência com antecedência precisou resolver na “última hora”; na empresa terceirizada isso será facilmente resolvido com a reposição do ausente por outro funcionário com qualificação profissional naquele determinado dia/período.

Entre as normas que devem ser seguidas para ter um serviço de segurança terceirizado ou próprio estão a certificação e a constante capacitação profissional que prestam esse tipo de serviço. E aqui está outro benefício: se a sua empresa tem a terceirização de serviço, ela não precisa arcar com esses investimentos e nem se atentar para esse tipo de processo, uma vez que no contrato já estarão embutidos os custos da atualização dos profissionais. Em outras palavras, sua empresa não terá preocupações. Lembrando que é vetado, por lei, a prestação autônoma de segurança privada, mesmo que desarmada. Serviços de segurança privada só podem ser executados por vigilantes formados, vinculados formalmente a uma empresa de segurança privada, com reciclagem em dia e registrado na Polícia Federal pela sua contratante.

Por fim, pense que terceirizar o serviço de segurança para uma empresa especializada vai te trazer mais tranquilidade: sua organização contará com serviços especializados e ainda evitará gastos com a contratação de profissionais. Além disso, poderá seguir tranquilamente o orçamento do ano que estava planejado aos serviços de vigilancia e segurança patrimonial, pois em um contrato, você saberá o que vai gastar mensalmente sem eventuais surpresas. 

Comentários

Posts mais lidos