O protagonismo das áreas de higiene e limpeza

- por Security

16 de Abril de 2021

Muitas empresas vêm discutindo e estudando a melhor forma de promover o retorno presencial e seguro às atividades de seus colaboradores para os escritórios e demais ambientes corporativos. Consequentemente, equipes de recursos humanos e gestores passaram a ter uma visão ainda mais estratégica sobre a área de facilities, precisamente para os serviços de higiene e limpeza.

“Considerada área de suporte e basicamente operacional dentro das empresas, essas atividades assumiram um protagonismo como nunca antes experimentado. Isso se deve principalmente às rígidas políticas de proteção e controle para garantir a saúde e bem-estar dos colaboradores e manter os ambientes livres de contaminação pela Covid-19. Os cuidados com a higiene e limpeza tornaram-se fatores críticos de sucesso para que as empresas possam, com segurança, continuar direcionando esforços em busca da sustentabilidade de seus negócios”, afirma Marcelo Marques, CCO da Security Segurança e Serviços. De acordo com o executivo, este é o momento de as empresas ampliarem e reforçarem as políticas e investimentos nesse setor.

Limpeza com segurança

Com a pandemia, muitos protocolos de segurança fitossanitária se fizeram necessários em áreas de grande circulação de pessoas. “Medição de temperatura, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel em pontos estratégicos de empresas/condomínios e cuidados redobrados com a limpeza e higiene passaram a fazer parte da realidade”, explica Marcelo. Neste contexto, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu três níveis de limpeza para tornar os ambientes mais seguros: alto, médio e baixo.

A Security tem atuado fortemente, em parceria com seus clientes, na chamada limpeza profissional de superfícies e demais áreas com alto índice de contato entre as pessoas. Todos os níveis estabelecidos são executados para garantir ambientes limpos e seguros no combate à Covid-19. “Muito mais do que equipamentos, a atividade tem se pautado cada vez mais na qualidade dos produtos utilizados, na técnica de aplicações por parte dos colaboradores e comportamento seguro das pessoas”, finaliza Marcelo.

Conheça os níveis estabelecidos pela Anvisa para a limpeza profissional:

Alto nível: elimina bactérias vegetativas, fungos, vírus e alguns esporos bacterianos. Para este efeito, usa-se os seguintes produtos:

• Ácido Peracético

• Hipoclorito de Sódio

Nível intermediário:  afasta a maioria dos fungos, todas as bactérias vegetativas, e alguns vírus lipídicos. Nesta etapa, os produtos usados são:

• Álcool etílico 70%

• Quaternário de Amônia

• Hipoclorito de sódio

Baixo nível: destrói a maioria das bactérias vegetativas. São usados:

• Álcool etílico 70%

• Hipoclorito de sódio

• Quaternário de amônio (apenas para desinfecção de superfícies)

Converse com nossos consultores e saiba mais sobre como a Security pode levar mais saúde e segurança para a rotina dos seus colaboradores: Security - Serviços/Facilities

Quer saber se vale a pena terceirizar o serviço de limpeza da sua empresa ou condomínio?
Confira: Vale a pena terceirizar meu serviço de limpeza?

Comentários

Posts mais lidos