Drones e Segurança Patrimonial: você ainda tem dúvidas?

Segurança Patrimonial - por Security

24 de Setembro de 2019

A Era 4.0 (também conhecida como era das inovações tecnológicas) chegou em nossas vidas. A tecnologia é uma constante presente em nossas vidas e também na área de segurança integrada.

Sistemas e equipamentos auxiliam na vigilância, na tomada de decisões e até mesmo no planejamento de ações estão no radar das empresas, e assim dá-se a utilização dos drones na área de segurança patrimonial. Vale lembrar que os drones foram criados para os setores de segurança nacional e militar e agora finalmente chegam em nosso cotidiano.

Os drones estão cada vez mais sofisticados e sua utilização na área de segurança é uma crescente, principalmente em segmentos que requerem soluções quase que imediatas, onde uma percepção situacional rápida, precisa e confiável resultará em uma ação mais assertiva, no menor espaço de tempo e com minimização dos riscos.

Os drones têm sido um forte aliado no monitoramento, tornando os patrulhamentos de rotina mais ágeis, reduzindo o tamanho e evitando o deslocamento de equipes por ‘alarmes falsos’. Através de imagens aéreas, (enviadas simultaneamente para uma central) é possível identificar ameaças de segurança e situações de emergência permitindo rápida resolução.

Na Security, uso deste sistema é feito de acordo com o projeto do cliente, pois para cada situação há um tipo de equipamento mais adequado, por exemplo, para o monitoramento noturno existem modelos de drone com visualização térmica.

Além de eliminar a logística envolvida nas operações e ajudar a melhorar os processos de análises de riscos, os drones diminuem os custos com mão de obra e equipamentos. O investimento feito por meio da Security pode representar uma economia de até 50% em comparação com o serviço de ronda convencional.

Vale ressaltar ainda, o uso de drones em outras finalidades corporativas, como controle de pragas em plantações, contagem de estoque, entregas, manutenção e inspeção de obras na construção civil.

É preciso salientar que os drones são considerados aviões não tripulados e contam com uma regulamentação estabelecida pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Por isto, podem ser operados apenas por empresas e profissionais licenciados e certificados pelos órgãos competentes.

Fernando Moreira

Diretor Comercial

Formado em Administração, pela Oswaldo Cruz, e pós-graduado em Marketing, pela INPG Business School, com 30 anos de experiência no mercado de Segurança e Serviços e carreira nas áreas de vendas e marketing, Fernando é o responsável, na Security Segurança e Serviços, a levar o melhor em soluções inteligentes para os nossos clientes.

Comentários

Posts mais lidos

Somos GPTW novamente!

Somos Great Place To Work, nossa nota média na soma de todas as áreas foi 89, essa nota é alta e impacta diretamente na satisfação do cliente Security.

leia mais »

Conecta Security

Soluções integradas para qualquer necessidade de negócio. Conecta Security, tudo sob medida para cuidar do patrimônio, da segurança e do seu dia a dia.

leia mais »